Alexandra Correia

Hoje, e sempre, em defesa da luta contra o racismo e toda a violência associada. E por isso mesmo, ao lado de Mamadou Ba na defesa da verdade e da justiça. Hoje e sempre.

Escrevo estas palavras na data em que é assinalado o Dia dos Direitos Humanos. Um dos sinais da sua erosão traduz-se no aumento do racismo, da intolerância e da discriminação. Urge combater tal, por tod@s nós mas também pelo sistema judicial português.

Alexandra Correia
coordenadora Grupo de Apoio ao Tibete-Portugal