Bruno Bacelar

Vivo num país onde a constituição prevê, defende e promove a liberdade de expressão, mas aparentemente, existem alguns milhares de pessoas que acham que essa liberdade só deve existir para pessoas brancas nascidas em Portugal. São pessoas que “até não teem nada contra pessoas de outras raças” desde que elas estejam caladinhas, ou que critiquem baixinho e sem incomodar os vizinhos!

Ao Mamadou digo que quero que ele fique, que debata e lute connosco enquanto for essa a sua vontade!

Aos 30mil digo que mesmo que não gostem de viver num país sem racismo, queremos que fiquem para ver como é possivel debater com quem discordamos e como se constrói uma sociedade democrática, livre e onde ninguém fica para trás, tentaremos não incomodar, mas, serão sempre bem vindos, caso queiram juntar-se a nós!

Bruno Bacelar
técnico especialista em exercício físico