Carlos Patrão

Presto aqui o meu apoio e solidariedade ao camarada Mamadou Ba, que é perseguido e diabolizado pela direita e extrema-direita portuguesa, Homem de muitas lutas com quem partilho ideais. Podemos nem sempre estar de acordo, mas no essencial sobre o racismo estamos em sintonia, há racismo em Portugal, há racismo nas forças de segurança,  e ele é intolerável e deve ser combatido, quem devia ser processado e condenado era o algoz que o está a processar e não Mamadou Ba.

Carlos Patrão
informático