Matilde Alvim

Mamadou não está sozinho, o combate antirracista é um movimento de muitos e  dever de todas e de todos. É lamentável a decisão do Ministério Público de punir quem luta pelos valores democráticos e de justiça, e proteger quem se guia pelo ódio racista. Não existe justiça climática sem descolonização e justiça racial.

Matilde Alvim
ativista pela justiça climática e estudante