Matilde Alvim

Em solidariedade com o ativista antirracista Mamadou Ba, e determinada a ser aliada na luta contra a extrema-direita racista e xenófoba. 

Agora, mais do que nunca, temos de agir contra o vírus do capitalismo, que quer a toda a velocidade destruir a nossa Terra, propagar o ódio e dividir os povos. 

Mamadou Ba fica, porque em Portugal, como demonstrámos, ainda não estamos prontos para encarar a História de frente e reflectir acerca do nosso passado racista, colonial, de guerra e imperialista. Descolonizar é ouvir, refletir, mudar e agir. 

Em solidariedade com Mamadou e com todos e todas os/as ativistas antirracistas, que com toda a coragem se erguem numa sociedade profundamente racista e agarrada ao passado. 

Justiça climática significa justiça social e racial e a libertação do sistema capitalista, que corrói e explora as pessoas e a Terra. 

Matilde Alvim
ativista pela justiça climática e estudante