Marílio Wane

Nota de Solidariedade a Mamadou Ba

Mamadou Ba é daqueles pensadores que, pelo seu brilhantismo e firme ativismo, paga o preço por estar à frente do seu tempo, no espaço em que atualmente se encontra. Ao invés dos constantes ataques e críticas ressentidas de que tem sido alvo, as suas palavras deviam ser recebidas por todos os setores da sociedade portuguesa como alertas importantes acerca da problemática racial no país. Do seu legado histórico, da sua premência atual, e das suas graves consequências inevitavelmente próximas.

Esta mensagem constitui um gesto de solidariedade, com a esperança de que este nosso valoroso companheiro não sinta-se isolado num momento tão crítico como este que ora se apresenta.

Marílio Wane
antropólogo